Amor Bastante (Paulo Leminski)

quando eu vi você
tive uma idéia brilhante
foi como se eu olhasse
de dentro de um diamante
e meu olho ganhasse
mil faces num só instante

basta um instante
e você tem amor bastante

7 comentários:

  1. amei esse me faz lembrar de muitas coisas legais

    ResponderExcluir
  2. amor do qual jamais esquecerei,por mais triste que foi,vou me casar mais ainda o amo muito,e sei que ele me ama,mais agora e tarde,pois não deu valor quando tinha,depois que perde e tarde.
    por mais que eu o ame,não quero sofrer novamente tudo outra vez.
    mais de uma coisa pode ter certeza jamais eu irei amar alguem como eu o amei.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget
Este é apenas um acervo de poemas de Leminski encontradas na internet, com objetivo de divulgar a obra poética deste maravilhoso poeta. Compre os livros!

Veja mais poemas!