[marginal é quem escreve à margem] (Paulo Leminski)

           Marginal é quem escreve à margem,
deixando branca a página
           para que a paisagem passe
e deixe tudo claro à sua passagem.

           Marginal, escrever na entrelinha,
sem nunca saber direito
           quem veio primeiro,
o ovo ou a galinha.

[do livro Distraídos Venceremos]

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Este é apenas um acervo de poemas de Leminski encontradas na internet, com objetivo de divulgar a obra poética deste maravilhoso poeta. Compre os livros!

Veja mais poemas!