Por um lindésimo de segundo (Paulo Leminski)

       tudo em mim
anda a mil
       tudo assim
tudo por um fio
       tudo feito
tudo estivesse no cio
       tudo pisando macio
tudo psiu

       tudo em minha volta
anda às tontas
       como se as coisas
fossem todas
       afinal de contas

[do livro Distraídos Venceremos]

5 comentários:

  1. Tem uma música da Vange Milliet com esse poema, que é linda!!

    ResponderExcluir
  2. adoro essa, feliz em encontrar aqui pois estou sem o meu livro

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse poema tem continuação:
      Transar bem todas as ondas
      a Papai do Céu pertence,
      fazer as luas redondas
      ou me nascer paranaense
      A nós, gente, só foi dada
      essa maldita capacidade,
      transformar amor em nada.

      Excluir

Ocorreu um erro neste gadget
Este é apenas um acervo de poemas de Leminski encontradas na internet, com objetivo de divulgar a obra poética deste maravilhoso poeta. Compre os livros!

Veja mais poemas!