Mosaico de Paulo Leminski por Cida Carvalho


Mosaico de Cida Carvalho, paranaense residente no Distrito Federal. Imagem do site Mostra Musica dae Brasília.

5 comentários:

  1. Maravilhoso nosso poeta e eu orgulhosa de ter feito esse trabalho!!

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. se me pedem uma frase, uma citação...é isso que eu falo, exatamente isso....lindo trabalho o seu, Cida, onde foi instalado esse mosaico?

    ResponderExcluir
  3. Querida Laiz,

    Obrigada!!!!É um trabalho que tenho muito carinho!!! Essa obra foi concebida no ano 2000 .Foi apresentada em uma Grande exposição no Jardim Botânico . em 2001 e foi adquirida em 2002 pela Universidade D. Bosco de Curitiba.Ele está exposto no hall da biblioteca.
    Esse poema se chama "se incenso fosse música" e eu o acho bárbaro ... Resume em uma frase uma filosofia de vida.
    Abraços carinhosos!!!

    ResponderExcluir
  4. Alguem poderia me explicar o significado desta frase de paulo?:)

    ResponderExcluir
  5. ANSEIOS

    Se alguém não lhe oferecer abrigo
    Eu lhe darei meu coração.
    Quando você chorar
    Estarei ao teu lado para secar suas lágrimas
    Se o sol não brilhar o seu dia
    Te darei meu sorriso.

    Quando as estrelas surgirem no seu firmamento
    Eu lhe darei meu infinito
    Se faltar-lhe um abraço
    Eu te darei meu afeto
    Quando a fonte da paixão secar, eu lhe darei o mar.

    Sua amizade me basta
    Seu carinho procuro
    Seu amor eu anseio
    Sua paixão eu desejo.

    Você é meu caminho, meu atalho e minha estrada
    Sem você meus sentidos me negam
    Minha alma me trai
    Meus sentimentos se perdem...

    Seu coração é nossa aliança
    Seus lábios, minha esperança...
    A esperança de sentir o gosto do seu mel,
    Do seu corpo
    Do seu prazer.

    *( Agamenon Troyan)

    SKYPE: tarokid18

    TWITTER: @episodiocultura

    MSN: machadocultural@hotmail.com

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget
Este é apenas um acervo de poemas de Leminski encontradas na internet, com objetivo de divulgar a obra poética deste maravilhoso poeta. Compre os livros!